Skip to content

Um paladino, um destino, um caminho e varias escolhas – Parte 02

25, 03, 2008

paladin-20071202-031508.jpg

Antes que pudessem terminar o seu treinamento o grupo de aventureiros teve que ser enviados para uma missão dentro do reino para já fazer os preparativos para uma fuga caso a horda orc chegasse ao Reino de Anathoray. A missão era de ir a cidade localizada ao lado oposto da possível invasão orc para que preparasse para que esta servisse de rota de fuga para todos os habitantes, este local se chama O porto de Thanes.

Chegando lá o grupo conversou com o patrono da cidade e descobriu que teria que estar liberando uma rota subterrânea, mas esta nos dias de hoje era ocupada por um grupo de bandidos.

O Paladino havido para combater o mal resolve ir se adiantando enquanto deixava o swasbucker conversando e elaborando planos com o patrono da cidade. Ao se aproximar do local a onde estaria a entrada para o subterrâneo encontra-se uma igreja em culto a Maya. O Paladino resolve conversar com o clérigo residente e coletar mais algumas informações adicionais sobre os bandidos que se encontram no subterrâneo sobre a igreja.

Na conversa com o clérigo descobre que ele já havia conseguido uma aproximação com o povo que vivia no subterrâneo, que eles entregavam as suas crianças para o clérigo para educá-los, enquanto ainda se sub-viviam nos subterrâneos.

Clérigo: “Eles vivem lá meramente por questões de falta de opção de moradia e trabalho. Passam necessidade e têm receio de vir a superfície por causa do preconceito que a sociedade tem conta eles.”

O Paladino continuava ouvindo, enquanto o clérigo colocava as crianças para fora e o swasbucker entrava na igreja. Neste momento o clérigo continuou.

Clérigo: “Para trazer eles para fora para tentarmos isolá-los e convencidos disto e que vai ser um dos complicantes. Parece que a ultima vez que eles saíram, pelo menos da ultima vez, havia um grande festival.”

O swasbucker já havia planejado junto ao patrono do porto de Thanes a festa para atrair os nossos ilustres visitantes, então de comum acordo todos começam a preparar a festa para que ela aconteça.

Tudo acontece na maior paz e as informações sobre quem seriam os lideres começa a chegar aos ouvidos de nossos intrépidos aventureiros, cada um tem um plano para tentar isolar os membros do grupo de bandidos. O Paladino tenta através de um torneio separar um deles, que no final fica apenas o Paladino e este guerreiro dos bandidos. Mas antes que acontecesse o combate a mascara do plano dos nossos aventureiros cai e tudo vem à tona, sendo feito uma distração com fogos de artifícios o grande mago do grupo faz com que todos sejam transportados para os subterrâneos, os bandidos e os nossos heróis.

Após os sustos do acontecido, tanto dos fogos como do teletransporte, os aventureiros resolvem avançar para explorar e localizar os bandidos. Só que eles percebem que houve um problema só estava o Paladino e Swasbucker, se entre olharam, mas resolveram continuar, não tinham mais que fazer e tinha que continuar e resolver este problema que tinha só crescido. Os combates aconteceram e os dois aventureiros tiveram grandes problemas ao decorrer do tempo, ganharam ajuda do Clérigo da igreja do Porto de Thanes e ate mesmo do grande mago do grupo.

Estes resolveram se dividir de acordo com a situação do grupo, o swasbucker  e o Paladino com a sua prisioneira foram para o lado externo da estrutura enquanto o grande mago foi enfrentar o ultimo desafio que era um outro mago extremamente poderoso.

Após algumas recomendações e a utilização de sua cura sagrada o Paladino resolve entrar novamente na estrutura para ir atrás do grande mago do grupo, a qual considerava um grande amigo. A cada momento que entrava na estrutura ele percebeu explosões, pequenos deslizamentos e faíscas de energia. Chegando a sala aonde se originava todos estes sons e luzes, o Paladino força a porta sem grandes resistências e vê o seu amigo e grande mago Brian caindo com uma estocada de uma espada. Furioso estende as suas asas e voa furiosamente em direção do grande mago, este que se alto clamava de Merlin. Este mago lança uma bola de energia tentando impedir o avanço do Paladino que desvia para ver que vem uma bola gigantesca de fogo em sua direção so dando o tempo para lançar a sua espada de ametista com toda a sua força cravando o mago Merlin na parede ao fundo. Mas antes que o Paladino seja consumido pelas chamas e sendo transformado em cinzas ele vê Brian se ergue e brandir palavras furiosas.

Brian: “Maldito, pensa que um mago pé-rapado como você poderá destruir a Brian Luckhard?”

Neste momento parte da gigantesca bola de fogo e consumida, mas não deixando de provocar danos máximos no Paladino que ainda consegue ver a existência sendo rompida pelo poder que Brian esta imitindo.

(continua…)

Anúncios
One Comment leave one →
  1. 25, 03, 2008 4:35 pm

    ô loko…matando até o merlin???

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: