Skip to content

O que é um ladino?

14, 04, 2008

Ladino em fuga

Cansei de ver gente deixar de jogar com um personagem ladrão(ou ladino, como chamam muito hoje em dia) simplesmente porque este carrega o estigma de fora-da-lei. O caso que nem sempre ser fora-da-lei significa ser mau em mundos de fantasias.

Ladrão quer dizer que a pessoa em questão é daquelas que prefere uma vida fácil, e que muitas vezes tem talentos naturais para que não precise se esforçar tanto. O hobbit que roubou o anel do Gollum jamais havia roubado nada de tão precioso (com o perdão do trocadilho), mas o fez assim que percebeu que teria vantagem sobre a fera.

O ladrão também pode ser uma espécie de assassino silencioso, que só mata em ataques surpresa e que nem sequer sabe lutar tão bem assim. Vários capangas de muitos “coronéis” são assim.

O que o ladrão não é: um ser estúpido a ponto de roubar os próprios colegas, que vivem o ajudando a sair de problemas. Quantos ladinos poderiam pagar pela proteção de guerreiros e pelos conselhos de magos? Quantos poderiam ter favores do clero ou alcançar posições políticas vantajosas sem a intervenção de clérigos e paladinos?

Isso não quer dizer que o ladino vai deixar de se aproveitar de situações vantajosas se absolutamente ninguém estiver olhando ou se ele chegar primeiro ao saque, mas significa dizer que certamente fará coisas realmente corajosas para continuar com as amizades (vantagens) que conquistou.

O ladrão do mal é aquele personagem não-jogador que é carrancudo e mal-humorado, que mata para roubar. O personagem do jogador será aquele que se parece com o Robin-hood, que rouba dos ricos e que dá é ele mesmo, que é pobre! O carisma e o raciocínio rápido são marcas garantidas tanto quanto as mãos leves e a habilidade de saltar muros e abrir fechaduras.

O ladrão é um dos papéis mais divertidos que um jogador pode interpretar. Ele não é o mais heróico, nem o mais nobre, mas vai se passar por nobre heróico! Não é guerreiro, mas se juntará a piratas sanguinários e bandeirantes gloriosos em busca de novos horizontes e ouro, jóias e fama!

O ladrão não quer ser reconhecido prontamente como tal por qualquer um, mas é importante para ele ser famoso em seu próprio meio. O Capitão fazia questão de ser chamado de capitão e se orgulhava tanto dos tesouros e mulheres que conquistou quanto da fama e do preço da sua cabeça.

Como se vê, não há porque não se jogar com um ladino. Em jogos em que existem essa classe de personagem, vergonha não é roubar, é roubar e não poder carregar…

Texto por: Ricardo “Cão Babão”

Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. 14, 04, 2008 7:46 am

    Cara, convordo plenamente com você

    normalmente, quando eu jogo de ladino, gosto de fazer um cara diferente, normalmente nem mesmo compro punga, prefiro um cara malicioso, que no combate sabe se posicionar de forma vantajosa, e nas outras situações analisa antes de tomar atitudes

    abraços 😀

  2. 29, 07, 2010 8:24 pm

    Isso E Uma Droga…

  3. larissa gonçalves de oliveira permalink
    16, 03, 2012 8:34 am

    uma frrase para ajudar: “o ladino matou o meu amigo e o ladino tambem roubou eu 25 mil reais´´

    • larissa gonçalves de oliveira permalink
      16, 03, 2012 8:35 am

      nossa nossa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: