Skip to content

Como interpretar um personagem diferente de você?

30, 04, 2008

Muita gente quer fazer um personagem que é bem diferente dele mesmo. Eu sempre fiz isso, mas era fácil, porque eu simplesmente dava vazão à Besta interior. Mas como fazer quando se trata de interpretar características que você simplesmente não possui?

Existem duas situações aqui: na primeira você é um mestre, que tem um personagem não jogador para trabalhar no jogo, na segunda situação, você é um jogador com um personagem que possui atributos que você não tem.

Quando se é o mestre é muito fácil resolver esse problema. Como eu sempre digo: não existe uma só maneira de resolver isso, daí a mania de mostrar tudo com exemplos: um cientista do Mal, com o dobro do seu QI, pode ser interpretado simplesmente com o cientista descobrindo todos os planos do grupo de aventureiros do Bem que quer frustrar os planos dele. Um agente secreto inimigo com charme demais conseguirá mulheres demais e estará nas festas de todos os lugares, sem muito esforço. Como eu disse, é fácil.

Mas quando se trata de um personagem muito diferente do jogador é diferente: o cara não tem como saber os planos de antemão ou coisa assim. O que poderia ser feito pelo mestre é dizer que os testes de manipulação são mais fáceis para o personagem se ele tem grande valor em manipulação, ou o que quer que seja, de acordo com o sistema ou tipo de personagem, mas isso não ajuda com a interpretação.

Quando falamos em interpretação, pouco pensamos em coisas como AD&D, mas a verdade é que a interpretação têm sua parcela de importância nesses sistemas também. Ainda que não sejam fundamentados em interpretação, esses sistemas simplesmente perderiam o sentido se um paladino agisse como ladino e o ladino como mago.

O que o cara tem de fazer é o que qualquer ator faz: laboratório, pesquisa mesmo. Vá ver filmes. Quer ser paladino? Assista Coração de Dragão! Quer ser ladino? Assista Zorro! Quer ser um vampiro noviço, que tem uma família de vampiros e uma organização que também funciona como a Camarrila, mas não quer algo manjado? Vai assistir ao Guardiões da Noite (Night Watchers) correndo! O segredo é encontrar um personagem que é o que você está procurando. Se o personagem é conhecido em quadrinhos, vá ler. Depois vá assistir ao filme se já adaptaram.

Esse “estudo” está longe de ser chato ou coisa assim. Você vai ver que é muito bom conhecer mais os tipos humanos, assistir a filmes diferentes, entender as coisas por outra ótica, essas coisas. Você pode inclusive se espelhar em, alguém que você conhece, não tem nada de mais. Eu já fiz isso!

Texto por: Ricardo “Cão Babão”

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. 6, 07, 2009 6:41 pm

    Muito legal,meu sonho e ser um ator tenho muita vontade de fazer novelas,filmes,teatro e venho pesquisando para aprimorar mas meus conhecimentos…

  2. islan permalink
    1, 08, 2010 9:56 pm

    vou interpretar um vampiro eu ja pensei em edward de crepuscolo ele e perfeito pro meu personagem

  3. Carlos permalink
    8, 11, 2010 8:21 am

    Islan…..
    o ultimo vampiro da face da terra que voce tem que se espelhar eh o Edward….
    serio mesmo…. ele eh totalmente oposto do que eh vampiro… até hoje, os vampiros que eu considero mais adequado de acordo com as lendas e pah, se for falar de filme, sao os vampiros de anjos da noite

  4. Jefferson reis permalink
    5, 06, 2012 9:53 pm

    Damon Salvatore ” Diarios de um Vampiro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: