Skip to content

Como Mostrar Para Eles O Que É Ser Herói

6, 05, 2008

Seus jogadores até que são bons, mas não temos nem sequer um herói de verdade entre eles. Todo grupo precisa ter um herói, que motiva o grupo e os empurra na direção correta. E olha que não estou falando de heróis “do Bem”, pois existem jogos em que você pode ser egoísta e presunçoso, mas herói.

Mas então o que faz de alguém um herói?

Um herói é alguém que a despeito das dificuldades, vai lá e faz o que precisa ser feito. Portanto o Mal também tem heróis, daí a importância do grupo do Bem ter heróis. Sem um deles sequer no grupo dos jogadores, tudo pode sair terrivelmente errado quando se depararem com o líder dos Uruk-Rai Guerreiros, com o Darth Vader ou com o Magaren.

Veja bem: esses parem, mas não são os chefões. Os heróis precisam destruí-los para poderem chegar no Saruman, no Palpatine ou no Satangost!

Sem um herói, os aventureiros poderiam se mexer também apenas quando acontecesse alguma coisa, quando o bom é que eles queiram fazer alguma coisa, tenham uma demanda a cumprir, gente para salvar, gente para prender, coisas a realizar. Só um herói os leva a fazer isso. Mas você já deve fazer uma história com um objetivo, nada de ir jogando até que os jogadores digam ao mestre o que eles querem conseguir. Até videogame tem objetivo e chefões.

Existem basicamente dois jeitos de mostrar para eles o que é ser herói: você pede para um brother experiente nisso ser um herói no seu grupo de jogo ou você faz um PNJ (Personagem Não-Jogador) que aparece de vez um quando para ajudar, mostrar a direção, matar aquele monstro difícil, et cetera.

O importante nesses casos é que ele seja heróico: apareceu só para dizer a direção? Ele ou ela o faz em armadura resplandecente, falando de maneira sábia e culta, aponta a direção dando dicas como quem já esteve lá antes, fala algo como “não é mesmo, rapaz?” ao seu cavalo, que responde balançando a cabeça e, mais importante, encoraja o grupo com palavras de apoio. Apareceu para ajudar? Vai enfrentar três ou quatro monstros de uma vez, conhecendo suas fraquezas e explorando as mesmas. Se for um pirata ele o fará gargalhando, se for um guerreiro o fará dando ordens, se for um paladino ele dirá coisas como “morra malfeitor” ou matará com um ar compenetrado e duro.

Espera-se que o grupo não se apóie no herói em tudo, mas que se inspire nele. Seu trabalho é fazer com que os fazendeiros destruam o senhor feudal safado, como no Coração de Dragão, ou derrotar o Mal com total apoio dos outros do lado do Bem, como no Guerra nas Estrelas. Um herói sozinho não consegue deter o Mal…

…exceto talvez no caso do Batman

Texto por: Ricardo “Cão BaBão”

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. 7, 02, 2011 11:40 am

    vc ja viu ritiguuer um eroi que aparece todas as noites ele sempre te ajudara nos teu problemas

  2. 7, 02, 2011 11:41 am

    ele e muito bommmmmmm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: