Skip to content

Um paladino, um destino, um caminho e varias escolhas – Parte 11

16, 05, 2008

O Paladino começa a sentir o seu corpo, a sua mente flutuar, os seus pensamentos estão confusos e esparsos. Ele lentamente começa abrir os seus olhos para tentar entender o que houve após a sua ultima lembrança.

Ao abrir os seus olhos ele esta vendo as coisas nevoadas, com imagens sibilantes e levemente brilhosas. Esfregava os seus olhos para ver se conseguia enxergar melhor o que estava a sua volta, mas as imagens não estavam melhorando mais do que aquilo que ele já via, quando ele houve uma voz conhecida.

“Venha”

Ele procurava a voz, parecia que vinha mais a frente.

“Venha que e chegada a hora”

Caminha em direção aonde aquela voz o chamava, cada passo que dava começa a formar melhor a imagem da catedral de gelo que outra hora ficava no topo das montanhas geladas do reino que jurou prometer. Mas a séculos havia acontecido a queda do pico da montanha aonde se encontrava esta magnífica catedral, várias de suas partes se despencaram nos quatros cantos dos montes, levando consigo seu esplendor, poder e conhecimento dentro dela. Só que a qual o Paladino adentrava estava totalmente intacta, como as lendas e os dragões contavam que era.

“Venha, não temos muito tempo. E hora de realmente saber de seu destino, escolher seu caminho com as suas inúmeras escolhas.”

Salão

O Paladino chega a um grande salão com um símbolo gigantesco entalhado no chão, ressonava com o frio e possuía um brilho azulado com pequenas chamas de mesma cor dançantes sobre o símbolo. Como o chão era parcialmente transparente dava para observar que o símbolo ficava exatamente sobre o pico da montanha e dali se via os quatro cantos da região.

Na parte que se apontava para o norte, estava uma figura humanóide com um manto levemente prateado e com detalhes em branco olhando para a direção do norte.

“Venha meu jovem, seu momento para a escolha e chegado. Seu coração e mente se alinharam para ter a sua tomada de decisão para a escolha de seu destino seja feito.”

Paladino: “O que estas a falar? Quem e você?” – Se aproximando cada vez mais do símbolo e da figura humanóide.

“O seu desespero e inerente, se sente realmente incapaz. Achas que deve dar lugar a outro para que possa lhe suceder melhor e dar uma esperança ao reino e aqueles que você jurou proteger”

Paladino: “Falas que como me conhece-se por dentro. Como se fosse eu. Você e meu lado obscuro de minha mente.”

“Não, apenas o seu Deus” – Neste momento a forma humanóide se torna em um gigantesco dragão de Plantina, era Bahamut que falava com o Paladino.

No momento da transformação o Paladino se encontrava sobre o símbolo e o todo resto da catedral começa a se partir, mostrando para aonde cada parte da catedral rui na montanha, e o Paladino começa a cair junto com a catedral.

E quando pensava que sua morte era certa por causa da queda, vê o grande Bahamut vindo em sua direção segurando em sua mão e dando a sua baforada de energia no do Paladino na forma do símbolo que tinha visto na catedral.

O Paladino acorda assustado, suando e ofegante em sua cama. Olha em volta, vê que esta em um quarto do palácio do reino. Veste as suas roupas, mas ao fundo percebe a sua armadura e sua arma, ambas bem danificadas, rachadas e faltando pedaços. Todo aquele pesadelo da batalha realmente deixou praticamente destruída e inutilizada, necessitando de um grande esforço para seu concerto.

Vai lentamente indo para a varanda principal ver como estão as coisas, saber em que estado esta a capital e vê se a guerra já chegou aos portões da capital. Ao chegar à varanda, percebe uma forte rajada de vendo que atingi continuamente, vê que a cidade toda esta flutuando e se movimentando.

(Continua…)

Texto por: Christian Alencar

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: