Skip to content

Carta aberta a Rede Globo – Reportagem sobre o caso Ouro Preto

6, 07, 2009

O que é Jornalismo? Eu juro que não sei a definição e não irei pesquisar por um simples motivo: se o fizer não serei verdadeiro!

Jornalismo, ao meu ver, é apurar um acontecimento e informá-lo de forma imparcial, porém não foi o que vi na reportagem do jornal hoje do dia 4 de julho.

A reportagem era clara: O que é RPG? E a Rede Globo mostra este jogo de uma forma ignorante da parte de jogadores, de uma pessoa que sabe menos ainda, uma avó que em um tom de policiamento e Super Egóica deixa claro que o jogo é tão perigoso e pecaminoso quanto, sexo, baladas ou drogas. E finalmente por parte da equipe de reportagem que pelo que vi nem se quer pesquisou o assunto, apenas chamou pessoas despreparadas para explicá-lo.

A Rede Globo cita exemplos deixando a entender que o jogo é violento e satânico, pois seleciona imagens do “Livro dos monstros” – jogo: Dungeons and Dragons RPG. Imagens estas de zumbis, mortos vivos, demônios e etc.

E em seguida diz que o jogo é de vampiros, mostrando uma jogada onde o mestre diz que eles estão em um cemitério, perfeito para implantar um bom preconceito, e devem atacar, o jogador resolver atirar no pé do alvo, não especifica se é algum monstro, apenas alguém.

Com uma rolagem de dados o jogador erra o tiro, e de forma estranha e relutante, gaguejando, o mestre relata que o jogador errou e irá acertar outra coisa ou alguém.
Agora pense: se você não sabe o que é RPG, nunca viu uma sessão, vai imaginar o que ao ver esta reportagem? No mínimo de que o jogo é violento, demoníaco e perigoso. Parabéns Rede globo, até eu fiquei com medo de jogar agora!!!

Importante destacar que esta reportagem foi ao ar, já que o julgamento do caso de uma garota morta por dois rapazes que supostamente estavam jogando RPG, será na mesma tarde em que foi exibida esta matéria.

Para colocar a cereja no final desta maravilha de reportagem, a rede Globo entrevista uma Psicóloga, aparentemente imparcial, reiterando que uma pessoa que possui algum distúrbio, o RPG pode agravar a situação levando a um delírio. Oras se qualquer pessoa tem algum tipo de distúrbio, muitas coisas podem agravar este quadro, e não só o RPG.

Agora vamos a nossa indignação, digo nossa uma vez que falo em nome de muitas pessoas que sabem o que é RPG.

Primeiro os Senhores e Senhoras jornalistas da Rede Globo de televisão, de forma parcial, mostra apenas cenas de demônios e monstros, claro o livro se chama “ O livro dos Monstros” muito bem escolhido se seu objetivo é assustar alguém, não?
Este livro existe para AUXILIAR o mestre ou narrador da historia a colocar as problemáticas no jogo. Agora pense: se você irá lutar CONTRA estes seres “terríveis” o que é você, o jogador? Para apoiá-los, os monstros, que não é!

Deixo claro que este jogo é de livre interpretação de papeis, os jogadores podem ser maus como podem ser bons, no entanto, em sua natureza, os jogadores são chamados de HERÓIS, portanto, lutam contra o que foi mostrado na reportagem, esta que entendi como discriminatória, preconceituosa e parcial.

Logo em seguida, de forma manipulatória, o mestre e os jogadores realizam uma jogada de ataque, no jogo de vampiros e dentro do cemitério. Todos os elementos negativos de um conhecimento popular, ou seja, a Dona de Casa que não sabe do que se trata o RPG, assiste uma reportagem desta que informa absolutamente nada de útil e verossímil sobre o seu propósito: (o que é RPG), uma reportagem depreciativa do jogo.
Fica claro que a Dona de Casa que assiste isso irá com certeza impedir seu filho(a) de jogar e até mesmo irá falar mal do jogo. Tudo pelo qual lutamos contra, a senhora Rede Globo estraga em uma reportagem de 2 minutos.

Por que a Globo não mostra personagem como, Anjos, Pegasus, Paladinos, Jedis, etc? imagens belas dos incríveis cenários, poderes divinos e tantas outras coisas maravilhosas inerentes AO JOGADOR!!!

Por que a cena mostrada não é uma cura divina de um clérigo salvando uma pessoa daqueles monstros mostrados?

Pra que vampiros e monstros medievais? E citar por exemplo: Star Wars e seus Jedis, os Elfos e suas cidades lindas no topo das árvores, mostrando perfeita sincronia com e natureza? Estes sim são os personagens inerentes aos jogadores na sua esmagadora maioria. Quem não quer ser um Jedi e usar a Força em nome da justiça e paz da Galáxia?

Quero deixa claro que existe muito mais do que foi mostrado naquela reportagem, vampiros e monstros fazem parte, mas não é a essência do jogo de RPG. Existem inúmeros jogos de livre interpretação de papéis, inclusive aqueles onde os jogadores podem ser ANJOS!!!

Também foi dito que o jogo possui apenas uma regra: Não pode nenhum tipo de contato físico. Até quando querem ajudar estragam!!

Há inúmeras regras, inclusive a principal de todas é a Regra de Ouro, que diz: Todas as regras podem ser quebradas para um bom desenrolar do jogo e diversão de todos.
Existe contato físico sim, uma modalidade de jogo, o Live Action, os jogadores vão fantasiados e interpretam seus personagens. Acredito que, o que a Globo tentou dizer é que não existe nenhum tipo de contato AGRESSIVO neste jogo. E isto muda muito o sentido da frase.

Existem estudos que comprovam que o RPG ajuda no desenvolvimento Sócio-Psico-Cultural da criança, estudos como o RPG pedagógico onde ele auxilia no desenvolvimento educacional do individuo, todos aprender melhor quando há interesse, por favor, pesquisem sobre o assunto e verão que a globo não disse NADA sobre ele.
Para encerrar faço parte de um grupo de RPG que organiza um encontro deste jogo, e outras atrações, na cidade de Pirassununga, interior de SP. Este evento é beneficente e conta com o apoio e parceria da secretaria da educação e de vereadores do município. Na ultima edição contamos com a presença de mais de 300 pessoas de várias cidades da região e doou mais de 300kg de alimentos a entidades carentes da cidade.

Desafio aqui qualquer pessoa e tirar uma palavra sequer negativa ou depreciativa deste evento e do RPG da boca de nossos apoiadores. Nosso público, os amantes de RPG e afins, são pessoas educadas, pois é necessário estudo para jogar, um livro básico de RPG tem em média mais de 300 paginas, são letrados, e a pior coisa que fazem é carregar uma mochila pesada nas costas. Nós os RPGistas sempre pesquisamos para termos uma boa historia, para obter cultura e informação.

Tenho certeza que apenas ouvirão palavras de elogio de nossa parte e dos jogadores de RPG, palavras de respeito, limpeza, segurança e atitude social. Tudo graças a este jogo. E você o que fez pela sua cidade?

Eu sou J.Simão Neto, Psicólogo Clínico, trabalho com crianças e adolescentes. Apoio o RPG como algo muito importante e saudável para qualquer pessoa de qualquer idade. Aprendam com o RPG também Rede Globo, pesquisem muito antes de colocar no ar uma reportagem.

Meu e-mail: jsimaoneto@gmail.com

veja mais em http://pirarpg.blogspot.com

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: