Skip to content

Especialista explica como se manter motivado no trabalho

22, 07, 2009

Por Carolina Lara – http://www.administradores.com.br

Os motivos para desmotivação são falta de reconhecimento, salário inadequado, condições insatisfatórias para exercer a atividade e política da empresa

A desmotivação no trabalho é um problema que afeta a vida de muitas pessoas e os motivos são vários: falta de reconhecimento, salário inadequado, condições insatisfatórias para exercer a atividade e política da empresa.

No campo gerencial, a questão não é diferente. Porém, seus efeitos são ainda mais nocivos. Afinal, cabe a este profissional a tarefa de liderar uma equipe, exercer um cargo de confiança e compartilhar com a diretoria importantes decisões e estratégias da empresa.

De acordo com Wilson Mileris, consultor especializado em vendas e recursos humanos, é necessário que este gerente consiga identificar quais os verdadeiros fatores que o levam à desmotivação no trabalho, entendendo que nem só de elogios será construído o seu dia-a-dia. “A cada segunda-feira é a mesma coisa: você jura que começará a procurar outro emprego, pois sente que já fez o suficiente na empresa atual. Os elogios de seu chefe até o alegram por algum tempo, mas não bastam. Neste caso, é fundamental que você analise os verdadeiros motivos deste descontentamento e, assim, iniciar uma nova fase na sua vida profissional”, aconselha.

Neste aspecto, o especialista em motivação,destaca alguns pontos interessantes e que devem ser observados por quem se sente nesta situação. “Para quem se queixa da remuneração, o salário baixo para gerente competente indica sua acomodação ou sua insegurança. O primeiro caso não chega a ser um problema, mas o segundo mostra contradição: insegurança e gerente competente são dois fatores que não combinam”, alerta.

Para o profissional o fato de se sentir tão atribulado pode apontar uma falha importante: a falta de delegação. “Às vezes você começa a ganhar espaço pela competência e, por fim acaba com mais atribuições, só que mesmo você sendo capacitado a fiscalizar tudo, o certo é dividir as tarefas para que o dia a dia atropelado não o desestimule a crescer”, esclarece.

Na falta de objetivos claros da organização, é importante criar os próprios e torná-los públicos. “Isso significa se utilizar de vários canais para divulgá-los. cabe ao gerente evitar se comportar passivamente aguardando objetivos da alta direção, e sim realimentá-la com as informações necessárias”, enfatiza Mileris.

Wilson relata que erros no trabalho acontecem. “O bom empresário prefere que mesmo que aconteçam erros o subordinado se movimente,se arrisque, ao invés de ficar parado esperando”, ressalta.

O especialista afirma que a autovalorização é uma peça fundamental. “O bom profissional tem que saber assumir a sua responsabilidade e movimentar as engrenagens quando estão emperradas por forças desfavoráveis”, finaliza.

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Djanir Danthas permalink
    17, 09, 2010 2:26 pm

    Parabens pela mateira , acho de grande importancia para todos os q lem pois a motivacao sao as 9 letras q fazem a diferenca na vida de qualquer ser humano e nos tres pontos mais importantes que sao eles: Pessoal, Sentimental e profissional.
    fico no aguardo de mais materias um abraco Djanir Danthas Empresario Joao Pessoa PB.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: