Skip to content

DICIONÁRIO RH

19, 10, 2009

Termos, siglas, palavras estrangeiras …

5S – Senso de simplificação, organização, limpeza, conservação e participação.
ASAP – as soon as possible, o quanto antes, assim que possível
assunto ou problema, sem censura, com alguém estimulando a todos e anotando tudo falado.
BTB ou B2B – Business-to-Business ou comércio eletrônico entre empresas.
BTC ou B2C – Business-to-Consumer ou comércio eletrônico de empresa para o consumidor.
B2E – Business-to-employee – relação entre empresa e funcionário.
Budgets – orçamento.
Business Intelligence – conjunto de softwares que ajudam em decisões estratégicas.
CEP – Controle Estatístico do Processo.
CKO – executivo responsável pela gestão do conhecimento.
Coach – facilitador; instrutor; entidade (pessoa, equipe, departamento, empresa, etc.) que atue como agregador das capacidades de cada elemento da cadeia (equipe, departamento, empresa, etc.).
Core Business – relativo ao próprio negócio ou especialidade no negócio que faz.
CRM – Customer Relationship Management ou marketing one-to-one”.
Downsizing – reduzir, encolher, diminuir, cortar.
Empowerment – dar poder ao grupo/equipe.
ERP – Enterprise Resource Planning ou Planejamento dos Recursos do Negócio.
E-Procurement – a utilização da internet para a automatização dos processos de compra e gestão de bens e serviços necessários à atividade da empresa.
Housekeeping – técnica para iniciar e manter os processos de Qualidade e Produtividade Total em uma empresa.
Internet – é a maior rede mundial de computadores, aberta a todos.
Intranet – são as páginas acessíveis apenas dentro de uma empresa.
Extranet – são páginas que ligam a empresa a seus clientes e fornecedores.
Just-in-Time ou JIT – é atender ao cliente interno ou externo no momento exato de sua necessidade, com as quantidades necessárias para a operação/produção.
Kaizen – processo de melhorias contínuas, com bom senso e baixos investimentos.
Networking – rede de relacionamentos.
On the job – No dia a dia do Trabalho. Exemplo Treinamentos on the job. Utilizar a rotina, dentro das tarefas prática de um indivíduo. Sem retirá-lo para a sala de autla. Como um estágio prático superviosanado diretamente.
Política de Portas Abertas – uma oportunidade oficial que a organização dá ao funcionário de apelar aos executivos da empresa quando se sentir prejudicado pela chefia imediata.
QS – quociente de sucesso
Stock options – Programa de Ações – um incentivo que permite aos funcionários comprar ações da empresa onde trabalham por um preço abaixo do mercado.
Sabático – repensar, redescobrir, reciclar.
Supply Chain Management – Gerenciamento da Cadeia de Abastecimento.
Team Building – dinâmica de grupo em área externa, onde os participantes serão expostos a várias tarefas físicas desafiadoras, que são exemplos comparativos dos problemas do dia-a-dia da empresa. Tem como finalidade tornar uma equipe integrada.

OUTRAS DEFINIÇÕES
GLOSSÁRIO
Elaborado por :   Deolindo Zocateli.
Prof° da FTC-Feira deSantana.

Absenteísmo – Do francês absentéisme, derivado do inglês absenteeism, de absentee, ou pessoa que falta ao trabalho, à escola etc. Que vive ou está, via de regra, ausente. (Qualidade n° 68)

Adhocracia – Organizações ágeis, organizações complexas e flexíveis. (ad hoc = “aqui agora”).

Behaviorismo – procedimento, (comportamento), (teoria comportamental)

Benchmarking – (marcos referenciais) – Processo sistemático usado para estabelecer metas para melhorias no processo, nas funções, nos produtos etc., comparando uma empresa com outras. As medidas de benchmark derivam , em geral, de outras empresas que apresentam o desempenho “Melhor da classe”, não sendo necessariamente  concorrentes. (Qualidade n° 74)

BPF – Boas Práticas de Fabricação (Qualidade nº 74)

Brainstorming – Procedimento utilizado para auxiliar um grupo a criar o máximo de idéias no menor tempo possível. (Qualidade n° 72)

Break-even Point – É o nível de produção ou nível de volume de vendas a partir do qual o empreendimento ou negócio se torna rentável. Qualquer valor abaixo do Ponto de Equilíbrio significa prejuízo. (CAM 1/85)

BSC – Balanced Scorecard  – Sistema de medição do desempenho e controle gerencial.  MM&A

CEO – Chief Executiver Officer – Diretor Superintendente da Empresa – Controller   – (Marcone)  – Exame 15/05/02. pág. 125

CEP – Controle Estatístico de Processo. Metodologia usada para o controle de dados de forma estatística para o aprimoramento contínuo da qualidade.(Qualidade n° 67)

CIF – Cost Insurance Freight – Custo seguro frete, empregadas para designar o sistema de pagamento para mercadorias embarcadas quando os custos do seguro e do frete estão incluídos no preço. (Dicionário de Economia – Sandroni)

Cinco S (5s) – Programa de gerenciamento participativo que objetiva criar condi-ções de trabalho adequadas a todas as pessoas em todos os níveis hierárquicos da organização. A sigla 5S deriva das iniciais de cinco palavras japonesas: SEIRI, senso de utilização; SEITON, senso de ordenação; SEISO, senso de limpeza; SEIKETSU, senso de saúde; e SHITSUKE, senso de autodisciplina. (Qualaidade n° 72)

CGMP –       Current Good Manufacturing Practice – Trata das Boas e Atuais Práticas de  fabricação de produtos voltados para as áreas de saúde humana e animal.( Qualidade n°  74)

Coach – Professor, treinador

Coaching – Treinamento, “desenvolvimento”  Sessões de aconselhamento feitas por um consultor de carreira que acompanha e se envolve no desenvolvimento contínuo do profissional. Rev. Exame set/2005.

Cobertura Média – (CM) É a indicação de quantas vezes o estoque se renovou durante o período (n) (CAM 1/85) CM = 12/Cr ou sejam os 12 meses do ano divididos pelo coeficiente de rotação.

Coeficiente de Rotação – É a relação entre as retiradas de um estoque e o seu próprio estoque médio: Cr =     saídas/estoque médio.(CAM 1/85)

Cognição – Ato ou ação de conhecer, aquisição de um conhecimento. (Larusse)

Comitê Draft – Comitê de Planejamento. (Qualidade n° 67)

Continuous Improvement – (melhoria contínua) Componente essencial no just-in-Time e na Qualidade Total que reflete uma determinação inabalável para eliminar as causas dos problemas. É o oposto da mentalidade de “apagar  incêndios”. (GBRH96)

Disruptiva – Empresas insurgentes, entrantes “processo de entrar no mercado por baixo”Revista Linha Direta – Ano 8 n° 88 julho 2005.

Downsizing – Redução dos níveis hierárquicos em uma organização com o objetivo de aproximar os níveis operacionais da alta direção. (GBRH96)

E-learning – Abreviação de eletronic learning, treinamento em rede de computadores, Revista Linha Direta, Ano 8 n° 88 julho 2005.

Empowerment – Estabelecimento de autonomia e responsabilidade às pessoas na tomada de decisões e ações. (GBRH96)

Endomarketing – Marketing interno realizado por meio de um conjunto de ações desenvolvidas para conscientizar, informar  e motivar o indivíduo. (GBRH96)

Epistemologia – Estudo crítico dos princípios, hipóteses e resultados das ciências já constituídas; teoria das ciências. (mini Aurélio)  “teoria do conhecimento”

FMEA – Análise do modo de falha e efeito (IMAM)

FOB – Free on board – livre a bordo – Denominação da cláusula de contrato segundo a qual o frete não está incluído no custo da mercadoria. (Dicionário de Economia – Sandroni)

Housekeeping – Termo designado para um processo que visa a manutenção da ordem, limpeza, organização e segurança nas empresas. (GBRH96)

Holística – Vem do grego Halos, que significa todo ou inteiro. É um novo paradigma que se apresenta como resposta evolutiva à crise de fragmentação vivida pelo homem na atualidade, quer pela criação e divisão  de fronteiras que só existem na mente humana. (Qualidade n° 74 )

IS0- Sigla da International Organization for Standardization. (Qualidade n° 67)

Job rotation – Rodízio de funções promovido pela empresa. Rev. Exame set/2005.

Joint venture – Associação de empresas, não definitiva, para explorar determinado negócio, sem que nenhuma delas perca sua personalidade jurídica. (Qualidade n° 65)

Just-in-time – Metodologia com base nas pessoas, cuja filosofia é eliminar tudo aquilo que não adiciona valor ao produto. O objetivo é fornecer exatamente as peças necessárias, nas quantidades necessárias, no tempo necessário. (GBRH96)

Kanban -Sistema de Controle da Produção e dos Inventários (IMAM)

Kaizen – Conceito de administração japonesa que significa aprimoramento contínuo, envolvendo todos os funcionários de uma organização. (GBRH96)

Lato Sensu – Em sentido amplo – Curso extensivo – (Extensão, especialização e aperfeiçoamento) (boca maior do funil). Ver Djalma Oliveira 2002-pag. 41

Market Share – Participação no Mercado. (Qualidade n° 67)

MBA – Master Business Administration

Menemônica – Processo de ajudar ou treinar a memória

Mentoring – profissional mais velho, com experiência e habilidade de relacionamento, que acompanha e passa para o mais novo suas idéias sobre o trabalho e a carreira. Ver. Exame set/2005.

Óbice – Palavra derivada do Latim, significa impedimento, embaraço, empecilho,      obstáculo ou estorvo.   (Qualidade n° 74)

Ombudsman – Palavra de origem sueca que significa “o homem que representa os interesses” ouvidor, profissional que tem como missão intermediar a comunicação entre o público e a empresa.(A TARDE 12/05/02)-empregos. Ver também, Djalma Oliveira 2002-pag. 93

Outplacement – Investimento de uma empresa na recolocação de ex-funcionário em outra organização. (GBRH96)

Outsourcing – (terceirização) Tendência de comprar fora (de terceiros) tudo o que não fizer parte do negócio principal de uma empresa. (GBRH96)

PCPM – Planejamento e Controle da Produção e de Materiais(IMAM)

PDCA – Plan, Do, Check e Act, ou Planejar, Executar, Verificar e Agir, ferramenta que implica na melhoria de todos os processos de fabricação ou de negócios.(Qualidade n° 68)

PhD –  Doctor Philosophy

Poka-Yoke – Método a Prova de Falhas, ex. a chave de carro(uso genérico) (IMAM)

PPCP – Planejamento, Programação e Controle da Produção (IMAM)

PPM – Partes por milhão – termo usado no controle estatístico. (Qualidade n° 67)

PQGF – Prêmio de Qualidade do Governo Federal. (Qualidade n° 73)

Publicização – Movimento introdutor de um novo modelo de administração pública baseado em alianças estratégicas entre o Estado e a sociedade. (Qualidade n° 73)

QFD – (Quality Funcion Deployment) Literalmente, Desdobramento da Função Qualidade. Metodologia com base nas pessoas para determinar rigorosamente as necessidades e desejos dos clientes. (GBRH96)

QS 9000 – Quality System Requirements. Norma criada pelas três maiores empresas automobilísticas americanas: Ford, General Motors e Chrysler. Seu objetivo é a redução de sistemas paralelos   de desenvolvimento de fornecedores pelas montadoras, com vistas a uma conseqüente redução substancial de custos.Exige-se a melhoria contínua. (Qualidade nº  74)

Quike Step – Em português significa passo acelerado. (Qualidade n° 72)

“Rapport” –  Do Francês – Relação.  Relação de mútua confiança e compreensão entre duas ou mais pessoas. A capacidade de provocar reações de outra pessoa. Também chamado de empatia. (do livro): Introdução à Progr. Neurolingüística – J.O Connor.

Reengenharia – Método usado para reprojetar e reformar sistematicamente toda uma empresa, função e processo. (GBRH96)

Rotatividade – É a indicação do número de vezes que um estoque se renovou. (Ra = Ca/Em) onde Ca é o consumo total anual e Em é a média aritmética dos 12 estoques mensais. (CAM 1/85)

Setup – Sistema de Troca rápida (IMAM)

Stakeholders – Palavra, que significa depositários. Pessoa ou grupo com interesse na performance de organização e no meio ambiente na qual opera. (Qualidade n° 65)

Strictu Sensu – Sentido estrito – Curso intensivo – (mestrado e doutorado), (boca menor do funil) ver Djalma Oliveira – 2002-pag. 41.

TQC – (Total   Quality Control) Literalmente, Controle da Qualidade Total. Sistema criado em todas as fases de uma empresa de manufatura, da engenharia de projeto à distribuição, que busca assegurar “defeito zero”  na produção. (GBRH96)

TQM – Total Quality Management (Gerenciamento da Qualidade Total). Foi criado em 1985 pela Naval Air Systems Comand para descrever o seu enfoque de gerenciamento ao estilo japonês para o aperfeiçoamento da  qualidade.  (Qualidade n° 72)

Turnover – Palavra em inglês, que na tradução quer dizer: rotatividade; movimentação; giro; circulação; medida da atividade empresarial relativa ao realizável a curto prazo; vendas. (Qualidade n° 70)

Workaholic – Viciado em trabalho.

Workshop – Treinamento em grupo de acordo com a técnica dominada pelo instrutor. Rev. Exame set/2005

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: